Comissão Nacional Justiça e Paz

  • Aumentar o tamanho da fonte
  • Tamanho padrão da fonte
  • Diminuir tamanho da fonte
Outras Notícias

Também Somos Terra

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF

tambemSomosTerra

Encontro promovido pela Rede Cuidar da Casa Comum.

Programa / Inscrições

 

Tempo para a Criação - Vigília de Oração

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF

 

casa comum

 

 

 

CONVITE

Tempo para a Criação 2018

Dia 7 Setembro, 21 horas

Local: Igreja do Coração de Jesus, em Lisboa

Em resposta ao apelo do Papa Francisco  e em comunhão com os cristãos de todo o mundo, haverá, no próximo dia 7 Setembro, uma vigília de oração. Será em Lisboa, na Igreja do Coração de Jesus, na Rua Camilo Castelo Branco, com início às 21 horas.

Procuraremos, em conjunto, viver um tempo-espaço de oração e recolhimento, em resposta à reflexão e apelo do papa Francisco à conversão a uma ecologia integral:

 

  • agradecer a Deus pela obra maravilhosa que Ele confiou ao nosso cuidado;
  • invocar a misericórdia Deus pelos pecados cometidos contra a Criação;
  • pedir a Deus a graça de uma profunda conversão ecológica;
  • renovar a nossa adesão pessoal à própria vocação de guardiões da Criação.

 

Encontra aqui o http://casacomum.pt/wp-content/uploads/2018/08/Vig%25C3%25ADlia-de-Ora%25C3%25A7%25C3%25A3o-7-set.-18.pdf&;source=gmail&ust=1536158401419000&usg=AFQjCNGFGg5e7j71eF2z0tf-aCWQvZfAOg">guião que preparámos para a vigília, o qual pode imprimir se desejar usá-lo nessa ocasião.

Todos estamos convidados a participar!

Passe palavra aos seus amigos!

Saudações fraternas

Rede Cuidar da Casa Comum. A Igreja ao serviço da ecologia integral (http://www.casacomum.pt/&;source=gmail&ust=1536158401419000&usg=AFQjCNF2Xd94v-OD5X5xtEKrMtC3A2VosA">casacomum.pt)


 


 

Com Misericórdia, novos estilos de vida

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF

«Na Sessão de Estudos promovida pelo Metanoia – Movimento Católico de Profissionais, há um ano (5 de Março de 2016), Alfredo Bruto da Costa, que morreu em Novembro último, desenvolveu o tema “Com Misericórdia, novos estilos de vida”.

Na sua intervenção, o ex-presidente da Comissão Nacional Justiça e Paz usa o seu estilo inconfundível, de referência permanente ao texto bíblico, à teologia dos teólogos dos primeiros séculos do cristianismo e ao pensamento  social contemporâneo para propor um caminho exigente de fidelidade ao Evangelho.»

O texto pode ser lido no blogue Religionline de onde foi citada esta introdução.

 

Síria: A Paz é possível - 2ª Campanha Mundial da Cáritas Internationalis

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF

 

FINAL SM SYRIA PEACE IS POSSIBLETUES 28TH JUNE 4PM4A Comissão Nacional Justiça e Paz divulga a 2.ª campanha mundial da Cáritas Internationalis convidando todos a participar na iniciativa: Síria: A paz é possível.

O Papa Francisco exorta a comunidade internacional a encontrar uma solução para a guerra na Síria.

Como parte da campanha, a Cáritas Portuguesa – dinamizadora nacional – irá apelar ao Governo Português que participe ativamente em soluções que possam por fim a esta guerra. Na página http://syria.caritas.org pode aderir a esta campanha e encontrar diversas formas e propostas de ação.

 

Dia Mundial da Oração pelo Cuidado da Criação

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF

O primeiro dia de Setembro vai passar a ser para os católicos o Dia Mundial de Oração pelo Cuidado da Criação. O Papa Francisco instituiu este novo dia numa carta com data de dia 6, divulgada esta segunda-feira pelo Vaticano.

A decisão surge na sequência da recente encíclica do Papa, "Laudato Si", a primeira de um Papa inteiramente dedicada à ecologia.

"Anualmente, o Dia Mundial de Oração pelo Cuidado da Criação oferecerá a cada fiel e às comunidades a preciosa oportunidade para renovar a adesão pessoal à própria vocação de guardião da criação, elevando a Deus o agradecimento pela obra maravilhosa que Ele confiou ao nosso cuidado, invocando a sua ajuda para a protecção da criação e a sua misericórdia pelos pecados cometidos contra o mundo em que vivemos", escreve Francisco.

(...)

Fonte: Rádio Renascença