Comissão Nacional Justiça e Paz

  • Aumentar o tamanho da fonte
  • Tamanho padrão da fonte
  • Diminuir tamanho da fonte
Outras Notícias

Manifesto sobre os Pactos Globais das Nações Unidas sobre Refugiados e Migrantes

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF

Manifesto sobre os Pactos Globais das Nações Unidas sobre Refugiados e Migrantes: Acolher, promover, proteger e integrar

Por ocasião do Dia Mundial do Refugiado, que se assinala a 20 de junho, o Fórum de Organizações Católicas para a Imigração (FORCIM) torna público o seu  Manifesto sobre os Pactos Globais das Nações Unidas sobre Refugiados e Migrantes .

Este Manifesto surge como resposta ao apelo do Papa Francisco de se chamar a atenção dos Governos, especificamente dos responsáveis pelas negociações relativas aos Pactos Globais, sobre considerações particularmente pertinentes que fomentem uma solidariedade mais concreta para com os migrantes e refugiados.

Partindo dos quatro verbos de ação – acolher, promover, proteger e integrar – pretende-se chamar a atenção sobre os princípios que devem estar assegurados nos Pactos Globais para que estes estejam orientados, acima de qualquer outro interesse e intuito, para o bem comum e centrados na integridade e dignidade da pessoa, contemplando a visão de uma só família humana, que habita uma Casa Comum.

 

 

Com Misericórdia, novos estilos de vida

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF

«Na Sessão de Estudos promovida pelo Metanoia – Movimento Católico de Profissionais, há um ano (5 de Março de 2016), Alfredo Bruto da Costa, que morreu em Novembro último, desenvolveu o tema “Com Misericórdia, novos estilos de vida”.

Na sua intervenção, o ex-presidente da Comissão Nacional Justiça e Paz usa o seu estilo inconfundível, de referência permanente ao texto bíblico, à teologia dos teólogos dos primeiros séculos do cristianismo e ao pensamento  social contemporâneo para propor um caminho exigente de fidelidade ao Evangelho.»

O texto pode ser lido no blogue Religionline de onde foi citada esta introdução.

 

Síria: A Paz é possível - 2ª Campanha Mundial da Cáritas Internationalis

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF

 

FINAL SM SYRIA PEACE IS POSSIBLETUES 28TH JUNE 4PM4A Comissão Nacional Justiça e Paz divulga a 2.ª campanha mundial da Cáritas Internationalis convidando todos a participar na iniciativa: Síria: A paz é possível.

O Papa Francisco exorta a comunidade internacional a encontrar uma solução para a guerra na Síria.

Como parte da campanha, a Cáritas Portuguesa – dinamizadora nacional – irá apelar ao Governo Português que participe ativamente em soluções que possam por fim a esta guerra. Na página http://syria.caritas.org pode aderir a esta campanha e encontrar diversas formas e propostas de ação.

 

Dia Mundial da Oração pelo Cuidado da Criação

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF

O primeiro dia de Setembro vai passar a ser para os católicos o Dia Mundial de Oração pelo Cuidado da Criação. O Papa Francisco instituiu este novo dia numa carta com data de dia 6, divulgada esta segunda-feira pelo Vaticano.

A decisão surge na sequência da recente encíclica do Papa, "Laudato Si", a primeira de um Papa inteiramente dedicada à ecologia.

"Anualmente, o Dia Mundial de Oração pelo Cuidado da Criação oferecerá a cada fiel e às comunidades a preciosa oportunidade para renovar a adesão pessoal à própria vocação de guardião da criação, elevando a Deus o agradecimento pela obra maravilhosa que Ele confiou ao nosso cuidado, invocando a sua ajuda para a protecção da criação e a sua misericórdia pelos pecados cometidos contra o mundo em que vivemos", escreve Francisco.

(...)

Fonte: Rádio Renascença

 

«Os Bairros e o progresso social das suas populações»

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF

O Observatório Permanente sobre a Produção, Comércio e Proliferação das Armas Ligeiras da Conferência Episcopal Portuguesa realizou a 9 de Abril de 2015 o Seminário «Os Bairros e o progresso social das suas populações».

Este Seminário suscitou uma reflexão em que participaram não só elementos do Observatório como muitos dos intervenientes naquela iniciativa, conduzindo à elaboração de um "Documento de Reflexão" que aqui é facultado.

[Os Bairros e o progresso social das suas populaçõesObservatório Permanente das Armas]