Comissão Nacional Justiça e Paz

  • Aumentar o tamanho da fonte
  • Tamanho padrão da fonte
  • Diminuir tamanho da fonte
Outras Notícias

Semana Laudato si' 2010

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF

                                                              laudato si 2020

 

 

 

 

 

 

Na semana em que se celebra o 5º aniversário da publicação da carta encíclica Laudato Si’, a Universidade Católica Portuguesa (UCP), juntamente com a Conferência Episcopal Portuguesa, a Cáritas, a Rede Cuidar da Casa Comum, a Comissão Nacional Justiça e Paz, entre outras, assinala esta semana promovendo uma sessão virtual na próxima sexta-feira dia 22 de maio, às 12:00, com o tema “Tudo Está Interligado”.

A sessão contará com a presença do Vice-Reitor da UCP Prof. José Manuel Pereira de Almeida, da Profª Inês Espada Vieira docente da Faculdade de Ciências Humanas, do Dr. Juan Ambrosio, docente da Faculdade de Teologia que conversarão sobre a Laudato Si’ e a sua atualidade com dois jovens colaboradores da UCP, e participantes no Encontro Economia de Francisco, em novembro próximo, Filipa Pires de Almeida do Center for Responsible Business da Católica-Lisbon School of Business & Economics, e Eduardo Lopes da Unidade de Desenvolvimento Integral da Pessoa (Centro Regional do Porto).

Inscrições para esta sessão disponíveis aqui.

No site da UCP, diariamente, serão publicadas às 12:00 citações da carta encíclica desafiando a comunidade a refletir sobre o cuidar da casa comum.

Para assinalar o fim da semana, no dia 24 de maio, às 12:00 o Papa convida todo o mundo para um momento de oração (onde estivermos), através da Oração Comum Laudato Si’.

 

Presidente da República condecorou Manuela Silva, a título póstumo

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF

Antiga presidente da Comissão Nacional Justiça e Paz distinguida com a grã-cruz da Ordem da Instrução Pública

manuela silva  - HMENAGEM PÓSTUMA

Lisboa, 07 mar 2020 (Ecclesia) – O Presidente da República Portuguesa distinguiu hoje, a título póstumo, a economista e professora universitária Manuela Silva, antiga presidente da Comissão Nacional Justiça e Paz.

Marcelo Rebelo de Sousa entregou aos familiares de Manuela Silva a grã-cruz da Ordem da Instrução Pública, como homenagem simbólica a uma “grande professora nas ideias e nos atos”.

O gesto decorreu no final de uma sessão evocativa que decorreu em Lisboa, por iniciativa do Instituto Superior de Economia e Gestão (ISEG) e do Grupo Economia e Sociedade.

A Ordem da Instrução Pública destina-se a galardoar altos serviços prestados à causa da educação e do ensino.

O presidente da República falou de “uma mestra” que deu o rumo para “uma sociedade mais humana” e para um “Portugal bem melhor”.

Nascida a 26 de junho de 1932, em Cascais, Manuela Silva licenciou-se e foi professora catedrática convidada no Instituto Superior de Economia e Gestão; foi secretária de Estado para o Planeamento no I Governo Constitucional (1976-77); faleceu a 8 de outubro de 2019, aos 87 anos de idade.

Marcelo Rebelo de Sousa evocou uma figura “inesquecível”, elogiando o seu empenho cívico e capacidade de “rutura” relativamente à visão da Economia e à encarnação na sociedade

“Manuel Silva nunca navegou à vista da costa”, assinalou, no seu discurso.

O chefe de Estado destacou o trabalho da homenageada pela “igualdade de género, o papel da mulher” e “o desafio da coesão social”, no combate à pobreza e às assimetrias.

Falando de uma “excecional economista e militante social e política”, Rebelo de Sousa saudou ainda a “mulher de fé”, de luta contra a iniquidade e a injustiça, de promoção da paz, da fraternidade, “da dignidade da pessoa e das pessoas”

Durante o encontro foram ser ouvidos testemunhos de personalidades que conviveram com Manuela Silva, como Guilherme d’Oliveira Martins, Rosário Carneiro, José Leitão, João Cravinho ou Viriato Soromenho Marques.

Manuela Silva foi professora catedrática convidada do ISEG, tendo recebido em 2013 doutoramento ‘honoris causa’ pela Universidade Técnica de Lisboa.

 

ISEG promove homenagem a Manuela Silva, antiga Presidente da CNJP

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF

     Banner Evoc-Manuela 600x300px8

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O falecimento no passado mês de outubro da Prof.ª Manuela Silva representou uma perda profunda para o ISEG, para a Academia e para todos aqueles que em Portugal pugnam por uma sociedade mais justa e solidária.

De forma a homenagear a sua memória, o ISEG decidiu promover, ao longo do corrente ano, um conjunto de eventos que permitam dar testemunho da sua atividade como economista, como professora universitária e como cidadã. Pretende-se, igualmente, sublinhar que a sua visão de uma economia ao serviço das pessoas e a necessidade de um desenvolvimento socioeconómico sustentado e inclusivo permanecem como um dos pilares da missão do ISEG e, em particular, do ensino aqui ministrado.

O primeiro desses eventos, organizado conjuntamente com o Grupo Economia e Sociedade fundado pela Prof.ª Manuela Silva, ocorrerá no próximo dia 7 de março.

O evento conta com a participação de Sua Excelência o Presidente da República, Professor Doutor Marcelo Rebelo de Sousa, que muito nos honra com a sua participação nesta evocação.

Consulte o programa neste link: https://www.iseg.ulisboa.pt/aquila/getFile.do

Estamos certos de que, com a sua participação, a evocação do legado da Prof.ª Manuela Silva constituirá um momento importante para o reafirmar de muitas das causas por que esta sempre pugnou.

Entrada gratuita sujeita a inscrição, até ao dia 2 de março, através de envio de email para Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar .

Fonte: site ISEG

 

Professor Luigino Bruni - Conferência cancelada

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF

Lamentamos informar que a conferência de Luigino Bruni, sobre o encontro "A Economia de Francisco",
foi cancelada devido a problemas de saúde do conferencista.

 EoF Conferencia Flyer VFinal

 

Mensagem do Papa Francisco para a Quaresma de 2019

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF


Brasão Papa Francisco

Mensagem do Papa Francisco para a Quaresma de 2019

«A criação encontra-se em expetativa ansiosa, aguardando a revelação dos filhos de Deus» (Rm 8, 19)

Queridos irmãos e irmãs!

Todos os anos, por meio da Mãe Igreja, Deus «concede aos seus fiéis a graça de se prepararem, na alegria do coração purificado, para celebrar as festas pascais, a fim de que (…), participando nos mistérios da renovação cristã, alcancem a plenitude da filiação divina» (Prefácio I da Quaresma). Assim, de Páscoa em Páscoa, podemos caminhar para a realização da salvação que já recebemos, graças ao mistério pascal de Cristo: «De facto, foi na esperança que fomos salvos» (Rm 8, 24). Este mistério de salvação, já operante em nós durante a vida terrena, é um processo dinâmico que abrange também a história e toda a criação. São Paulo chega a dizer: «Até a criação se encontra em expetativa ansiosa, aguardando a revelação dos filhos de Deus» (Rm 8, 19). Nesta perspetiva, gostaria de oferecer algumas propostas de reflexão, que acompanhem o nosso caminho de conversão na próxima Quaresma.

Continuar...