Comissão Nacional Justiça e Paz

  • Aumentar o tamanho da fonte
  • Tamanho padrão da fonte
  • Diminuir tamanho da fonte
Notícias

«Maria Barroso partiu ao encontro do Pai»

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF

Graça Franco assina na "Rádio Renascença" o artigo «Maria Barroso partiu ao encontro do Pai» em que recorda e homenageia Maria Barroso:

«Maria Barroso partiu hoje ao encontro do Pai. O país perdeu uma grande senhora. Uma vida de exemplo inspirador para todos: na luta consequente e tenaz em defesa da liberdade e na conquista da democracia e numa dedicação sem limites ao exercício de uma cidadania plena de vocação universal que transvazava a dimensão estritamente nacional.»

Continuar...
 

«Os Bairros e o progresso social das suas populações»

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF

O Observatório Permanente sobre a Produção, Comércio e Proliferação das Armas Ligeiras da Conferência Episcopal Portuguesa realizou a 9 de Abril de 2015 o Seminário «Os Bairros e o progresso social das suas populações».

Este Seminário suscitou uma reflexão em que participaram não só elementos do Observatório como muitos dos intervenientes naquela iniciativa, conduzindo à elaboração de um "Documento de Reflexão" que aqui é facultado.

[Os Bairros e o progresso social das suas populaçõesObservatório Permanente das Armas]

 

 

Encontro das comissões Justiça e Paz

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF

Decorreu no dia 20 de junho, em Fátima, um encontro de Comissões Justiça e Paz, a nacional e algumas das diocesanas (Aveiro, Bragança-Miranda, Coimbra, Leiria-Fátima, Portalegre-Castelo Branco, Setúbal e Viseu). Uma ocasião de partilha de experiências e diálogo sobre projetos futuros de colaboração.

A situação dos cristãos perseguidos por causa da sua fé em vários pontos do mundo foi tema central de reflexão, a partir dos testemunhos de Catarina Martins Bettencourt, presidente da Fundação Ajuda à Igreja que Sofre e vogal da Comissão Nacional Justiça e Paz, e de D. Joseph Coutts, arcebispo de Karachi e presidente da Conferência Episcopal do Paquistão.

 

Encíclica «Laudato Si» sobre o cuidado da casa comum

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF

Ligações

 

Apresentação da encíclica «Laudato si»

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF

Sessão vai decorrer a 24 de junho às 21h30, em Lisboa

O cardeal-patriarca de Lisboa, D. Manuel Clemente, vai apresentar no próximo dia 24 a nova encíclica do Papa, 'Laudato si', juntamente com o presidente da Comissão Nacional Justiça e Paz, Pedro Vaz Patto.

A sessão vai decorrer a partir das 21h30 no auditório da igreja de São João de Deus (Praça de Londres, Lisboa), revela o Secretariado Geral da Conferência Episcopal Portuguesa (CEP), em nota enviada hoje à Agência ECCLESIA.

O presidente da CEP  já confessou ter “muita” expectativa em relação à encíclica sobre a ecologia, um tema que não diz respeito apenas a “insetos” ou “flores”, mas à pessoa.

“Às vezes parece que há muita atenção a tudo quanto seja inseto ou outro tipo de animal, flor ou planta, para ser tudo tal e qual como naturalmente é ou deve ser, mas no que diz respeito à fisiologia e ao corpo humano pode-se usar tudo aquilo que a técnica permitir para alterar a bel-prazer, por assim dizer”, afirmou D. Manuel Clemente, em entrevista à Agência ECCLESIA, antes de ser criado cardeal.

(fonte: Agência Ecclesia)