Um dia para falar e viver as maravilhas de Deus

D. António Moiteiro convidou os 800 jovens participantes no Dia Mundial da Juventude, em Oliveira do Bairro, a dizerem e sentirem com o Pastorinho Francisco: “Gosto tanto de Deus”.

“Cada um de vós diga no seu coração: “Gosto tanto de Deus”. E quando gostamos, somos generosos”, apelou o Bispo de Aveiro aos cerca de oitocentos jovens que no sábado à tarde estavam no Parque dos Pinheiros Mansos, Oliveira do Bairro, na conclusão da celebração diocesano do Dia Mundial da Juventude. D. António Moiteiro sublinhou a frase do pastorinho Francisco – “Gosto tanto de Deus” – como meio de permitir que Deus faça maravilhas em cada um como fez em Maria. “Aquilo que o vosso bispo quer é que sejais felizes, que todos sejamos felizes. A vida de entrega, de doação aos outros, com um verdadeiro «sim», é que nos fará felizes”, disse.
O tema do dia era a frase de Maria à sua prima Isabel (cântico Magnificat, do Evangelho de Lucas) aludindo ao facto de vir a ser a mãe do Salvador: “O Todo-Poderoso fez em mim maravilhas”. O Bispo de Aveiro afirmou que “o sim inicial de Maria foi o sim que a acompanhou toda a vida” e realçou o exemplo dos pastorinhos Francisco e Jacinta Marto, que, por estarem em vias de serem canonizados, são “propostos como modelos de santidade”.
Como símbolo da vida nova própria da Páscoa e das maravilhas de Deus, D. António Moiteiro e o Departamento Diocesano da Pastoral Juvenil entregaram a cada paróquia um “casulo”, de onde simbolicamente a lagarta renascerá como borboleta. O símbolo deveria ser apresentado pelos jovens nas missas paroquiais de Ramos do dia seguinte.
Nos momentos finais do DMJ, cantaram-se os parabéns a D. António Moiteiro, que no dia 8 de abril fazia 37 anos de padre.

 

Caminhada de seis quilómetros
O DJM, organizado pela primeira vez pela nova equipa da pastoral juvenil diocesana, foi “verdadeiramente uma maravilha”, como disse o P.e Leonel Abrantes, diretor do Departamento da Pastoral Juvenil de Aveiro. Na tarde de sexta-feira os jovens chegaram às nove paróquias do arciprestado de Oliveira do Bairro. Assistiram depois a um concerto dos Yeshua, um grupo de “rock católico” nascido em contexto juvenil e eclesial na diocese de Setúbal, no Pavilhão Inovação. Passada a noite, em casas de famílias ou em espaços paroquiais, os jovens fizeram a oração da manhã no Espaço Inovação e caminharam seis quilómetros até ao Parque dos Pinheiros Mansos, onde decorreram as restantes atividades. “A caminhada foi um momento muito interessante porque os jovens fizeram festa. Com as violas, cantaram pelas ruas e as pessoas vieram à janela ver o que se passava”, disse ao Correio do Vouga o P.e Leonel.
Depois do almoço, os jovens assistiram a testemunhos e dialogaram sobre o tema o dia. Em 16 tendas, leigos, casais, padres e religiosas falaram na primeira pessoa sobre como Deus vai fazendo maravilhas na vida de cada um deles.