História e enquadramento institucional

A Obra Nacional da Pastoral dos Ciganos (ONPC) tem personalìdade jurídica desde 1972 e depende da Conferéncia Episcopal Portuguesa, através da Comissão Episcopal da Pastoral Social e da Mobilidade Humana: D. Jorge Ferreira da Costa Ortiga (Presidente); Vogais: D. António Vitalino Fernandes Dantas, D. Amândio José Tomás, D. Joaquim Augusto da Silva Mendes e D. Manuel da Silva Rodrigues Linda;  P. Frei Francisco Sales Diniz, OFM (Secretário). A ONPC é uma Instituição Particular de Solidariedade Social desde 1985. A ONPC participa no Conselho Pontifício para a Pastoral dos Migrantes e Itinerantes, no Comité Catholique Internacional pour les Tsiganes (CCIT) (tendo organizado um Encontro, em Lisboa, em 1986 a que se seguirá o Encontro de 2012 em Fátima) e em iniciativas de outros organismos internacionais.