PROJECTO SENDRIN - SECRETARIADO DIOCESANO DE LISBOA DA PASTORAL DOS CIGANOS

PROJECTO SENDRIN - SECRETARIADO DIOCESANO DE LISBOA DA PASTORAL DOS CIGANOS

Em busca do sucesso escolar da criança cigana…

Foi com este objectivo, sempre presente no nosso trabalho, que aderimos, em Novembro de 2012, ao PROJECTO SEDRIN (School Education for Roma Integration). Trata-se de um projecto com apoio comunitário que, liderado pela Grécia, integra Instituições de Espanha, Itália, Roménia e Hungria. Aposta em crianças que frequentam ou se preparam para ingressar no 1º. Ciclo e a sua estratégia passa pela preparação das „mães“, para o necessário acompanhamento. Para tanto, precisam de um treino/formação que as leve a agir como intermediárias comprometidas, entre as crianças e a escola.

 

 

Iniciando-se com uma etapa preparatória de recolha de dados e definição de uma metodologia, o projecto está actualmente na fase de formação das mulheres seleccionadas. A 1 de Novembro iniciar-se-á o processo de acompanhamento e apoio às crianças, que decorrerá até ao fim do ano lectivo.

 

Justificação da nossa participação no Projecto

Conforme os dados mais recentes do Conselho da Europa (Rumo a uma educação de qualidade para as crianças ciganas: transição da infância para o ensino primário, DGIV/ EDU/ROM (2007) 5), em toda a Europa 50% das crianças ciganas não completam o ensino primário. Algumas das razões apontadas para explicar esse fenómeno assentam no facto dos próprios pais ciganos não terem informação e competências para as apoiarem. Por outro lado, as expectativas escolares são muito baixas e o ambiente social caracteriza-se por uma forma horizontal de aprendizagem, sem regras rígidas, tornando a escola um ambiente muito diferente e estranho. Em consequência, as crianças não conseguem integrar-se, o que determina um abandono precoce.

Frente a esta situação, que é também a portuguesa, decidimos aderir ao projecto, acreditando que a formação das mulheres ciganas poderá ajudar à respectiva responsabilização no processo, uma vez que partilham a mesma cultura e condições de vida das crianças. Com a formação adequada dessas mulheres, acreditamos que elas poderão melhorar a inclusão das crianças ciganas nas escolas, ajudando a encontrar soluções adequadas para os problemas que enfrentam.

 

Os Parceiros

O projecto articula-se totalmente com as estratégias desenvolvidas pelas instituições parceiras. Sistematizamos a principal actividade das mesmas:

Action Synergy- organização de formação e de aplicações, baseadas em conhecimento. Está activamente envolvida no desenvolvimento de tecnologias educativas, metodologias de formação e nos cursos de formação e-learning.

Tem experiência considerável no trabalho com grupos sociais em risco de exclusão. É a responsável do projecto.

PEER

A Associação Pan-helénica dos Ciganos Gregos (PEER) é a única organização de terceiro nível dos Ciganos Gregos. As suas actividades têm como objectivo a protecção dos direitos desses ciganos a nível pan-helénico. A rede das organizações ali representadas cobre problemas relativos à integração social, habitação, questões legais, emprego, educação, saúde e apoio psicossocial.

RWAR

RWAR – A Associação de Mulheres Ciganas na Roménia é uma ONG e tem como principal missão o desenvolvimento e afirmação da comunidade cigana, especialmente da mulher, com ênfase no desenvolvimento da sua qualidade de vida na Roménia.

Universidade Europeia de Chipre

A Universidade Europeia do Chipre desenvolve actividade científica nas metodologias de aproximação aos grupos sociais mais vulneráveis.

Federación Maranatha de Asociaciones Gitanas

A Federação Maranatha das Associações Ciganas é uma organização de 20 associações, distribuídas por toda a Comunidade Valenciana. Os seus principais objectivos são: a formação da população cigana e a promoção deste grupo e da sua cultura.  Para tanto desenvolve actividade visando a erradicação do abandono escolar / absentismo, a promoção das mulheres ciganas ou a prestação de serviços de mediação socio-laborais.

Idea Rom Onlus

IDEA ROM Onlus é a primeira associação italiana de mulheres ciganas. Actua em Turim (Itália), nos maiores bairros de famílias ciganas da cidade. A Associação é composta por mulheres ciganas pertencentes a diferentes comunidades, algumas com experiência profissional na área da mediação cultural. Entre os trabalhos mais importantes, registem-se alguns projectos nas áreas da educação de crianças e formação das mulheres ciganas.

Volt Állami Gondozottak Országos Egyesülete

Esta Associação dirige-se a jovens que saem da assistência do estado e têm de enfrentar os mais diversos problemas quando entram na vida real.

 

Etapas do Projecto

Tendo como objectivo geral prevenir o abandono escolar precoce das crianças, visa-se capacitar as mulheres ciganas da importância da frequência escolar. Para tanto serão preparadas e chamadas a desempenhar tarefas concretas.

Grupo Alvo

- Mulheres Ciganas (5 em cada país)

- Crianças Ciganas (20 em cada país)

Programa de Trabalho

1ª Fase: Pesquisa Inicial e Desenvolvimento da Metodologia, que inclua todos os elementos importantes que ajudem as mulheres ciganas a preparar melhor as crianças em idade pré-escolar para a frequência da escola.

2ª Fase:Acções de Formação para mulheres ciganas, com base na metodologia desenvolvida

3ª Fase: Organização da formação para as crianças.

As mulheres ciganas implementam o que aprenderam na respectiva formação, para prepararem as crianças na ida para a escola e, consequentemente, lhes oferecerem uma melhor preparação

Todo este processo será devidamente acompanhado e monitorizado. Os respectivos resultados serão divulgados, com vista à necessária difusão e sustentabilidade.

 

Objectivo final

A meta é conseguir o apoio da autoridade no campo da educação, garantindo, em cada região, três instituições de formação e, no país, três técnicos de carácter pedagógico, que assegurem a continuidade da experiência ensaiada no Projecto Sedrin!