Ciganos são Notícia

Expresso (6 julho) - DISCRIMINAÇÃO

Expresso (6 julho) - DISCRIMINAÇÃO

“Portugal tem racismo não assumido”

Discriminação: Relatório sobre racismo reconhece desigualdades no tratamento de minorias étnico-raciais, em todas as áreas da sociedade. Os ciganos são os mais prejudicados.

“O Instituto Nacional de Estatística recusou-se a introduzir uma pergunta sobre a origem étnico-racial nos próximos Censos, mas o ‘Relatório sobre Racismo, Xenofobia e Discriminação’, concluído pela Assembleia da República (AR), identifica a falta de dados quantitativos sobre as comunidades minoritárias como um dos grandes obstáculos para combater as desigualdades existentes no país. Fala mesmo na ‘necessidade urgente de informação para poder desenvolver políticas públicas’. Ainda assim, o relatório permite chegar a uma conclusão clara: “Portugal é um país em que há comportamentos racistas, com um racismo que não é assumido e como não é assumido, torna-se um não assunto e não se fala dele”, explica Catarina Marcelino, a deputada socialista relatora do documento. “Serve para confirmar, de forma objetiva, que há problemas de discriminação que têm de ser resolvidos com políticas públicas. É fundamental a intervenção do Estado para corrigir e minimizar a situação, defende. Elaborado ao longo de cinco meses”, o documento foi apresentado na AR em 9 de julho.

 

Continuar...

Jornal de Leiria (14 mar) - DIVERSOS

Jornal de Leiria (14 mar) - DIVERSOS

Os ciganos de Alcobaça

Orlando Fernandes publicou um artigo na secção “Sociedade” em que se refere a problemática que, na opinião do Autor, existe em Alcobaça, no convívio entre ciganos e não ciganos. São referidos testemunhos em que, se referem, por um lado, dificuldades na inclusão, e por outro, racismo.

 

Continuar...

Voz da Verdade (16 jun) - PASTORAL

Voz da Verdade  (16 jun) - PASTORAL

A Roménia dos rom e dos bispos mártires

Este artigo de opinião do P. Gonçalo Portocarrero de Almada (GPA), sobre a recente viagem do Papa Francisco à Roménia, refere que o Papa “procurou confortar as periferias perseguidas, nomeadamente, os ciganos, ou comunidade rom e os greco-católicos, que são a minoria nesse país maioritariamente ortodoxo”.

 

Continuar...

Defesa de Espinho (18 abr) - PASTORAL

Defesa de Espinho (18 abr) - PASTORAL

Maria do Carmo Rocha com a OVAC na Croácia

Maria do Carmo Rocha (MCR), da Obra Vicentina de Auxílio aos Ciganos (OVAC) em representação do Secretariado Diocesano do Porto da Pastoral dos Ciganos, participou no Encontro do Comité Católico Internacional para os Ciganos (CCIT) que decorreu na Croácia, juntamente com diversos representantes de instituições portuguesas da Pastoral dos Ciganos

 

Continuar...

Union Romani (online – 31 mai) - DISCRIMINAÇÃO

Union Romani (online – 31 mai) - DISCRIMINAÇÃO

Situação dramática dos ciganos em Itália

Juan de Dios Ramírez-Heredia (JRH), Vicepresidente de Unión Romani Internacional (UR) afirma que a perseguição aos ciganos em Itália está a atingir níveis de uma gravidade invulgar muito preocupantes, comparando mesmo o que se está a passar com o que aconteceu nos anos 30 do século passado na Alemanha. Recorda que em 1940, Hitler, mandou exterminar todos os ciganos da Europa. Estas coisas prepararam-se lentamente nos cidadãos “alimentados por falsas informações sobre a perigosidade de algumas minorias”. E recorda que na década de 1920, os ciganos eram proibidos de frequentar lugares comuns, como parques, feiras ou banhos públicos. Quando Hitler chegou ao poder, no ano seguinte, em 1934, começaram as campanhas de esterilização castrando os homens. E em 1935 foi promulgada a "Lei para a Proteção do Sangue e da Honra", tristemente conhecida como as Leis de Nuremberg. “Em 1945, após a derrota do regime nazi, 3/4 da população cigana residente na Alemanha tinha sido assassinada”.

 

Continuar...

Mais artigos...