Sabemos todos, por experiência, como têm sido difíceis estes tempos que vivemos…
O cuidado com os mais frágeis continua a marcar a nossa atenção prioritária enquanto Pastoral da Saúde.
Ao concluir o Tempo de Natal, recordamos como celebrámos uma vez mais Jesus que veio para que tenhamos vida e vida em abundância (cf. Jo 10,10).
Às comunidades cristãs, que continuam a procurar responder da maneira que lhes é possível às grandes questões da vida e da morte das pessoas que lhes são confiadas, iluminadas pelo mistério pascal de Jesus, a Comissão Nacional da Pastoral da Saúde, unida a todas as Comissões Diocesanas, manifesta o seu grande apreço pela solicitude como que têm vivido a sua exigente missão.
Dêmos graças a Deus pela sua proximidade salvadora!
Um abraço fraterno
P. José Manuel 

MATERIAIS