A LOC/MTC, com 80 anos de existência no seio da Igreja e dos trabalhadores em Portugal, realizou a 73ª assembleia Diocesana, na Casa de Vilar, com a presença dos militantes das cinco regiões da diocese, bem como alguns novos simpatizantes, assistentes sacerdotes amigos e também os coordenadores da diocese de Braga.

Os coordenadores nacionais não se fizeram representar por estarem presentes num encontro/seminário do MTCE (Movimento Trabalhadores Cristãos da Europa) enviando-nos mensagem de apoio e união. A ordem de trabalhos da Assembleia desenvolveu-se em duas fases distintas, sendo uma de formação e outra sobre a organização interna do movimento, tais como:

– Relatório de atividades 2015/2016;

– Plano de ação e atividades 2016/2017;

– Contas do exercício;

– Ato eleitoral para novos coordenadores.

A formação/reflexão foi orientada pelo Frei Bento Domingos, que generosamente se deslocou ao Porto para estar com o Movimento.

A formação/reflexão incidiu sobre “como combater os medos; participar na vida social; dar testemunho de solidariedade; afirmar a dignidade humana”. A sua insistência foi para que cada vez mais nos empenhemos na Igreja e na sociedade:

  • “Participar nas equipas, buscando aí o dinamismo da fé e o empenhamento”
  • “Saber empenhar todos como serviço aos outros e ao bem comum”
  • “Que a categoria suprema do cristão é o serviço“
  • “ Readmitir o espírito da militância, e reabilitar as nossas organizações”
  • “Que a LOC/MTC precisa de impor uma voz pública dentro da Igreja, sendo que, evangelizar é dar uma boa notícia”
  • “Uma permanente ação intergeracional, que permita a passagem de valores e compromissos”
  • “Manifestar entusiasmo pela paixão na transformação do Mundo, na fraternidade…”

Toda a alegre e forte intervenção de Frei Bento Domingos foi apoiada pela encíclica do Bom Papa Francisco “ A Alegria do Evangelho”.

Retomados os trabalhos já referidos, sendo o relatório de atividades, o plano de ação, calendário de atividades as contas do exercício, foram submetidas à Assembleia, tendo sido aprovados por unanimidade.

Quanto ao ato eleitoral que estatutariamente figura de três em três anos, a Assembleia, após reflexão, reconduzir por unanimidade os atuais coordenadores por mais um ano na coordenação do movimento LOC/MTC.

A Assembleia Diocesana encerrou com a celebração eucarística presidida pelo assistente, Padre José Macedo.