SOL (6 abr) - RACISMO - ANTICIGANISMO

SOL (6 abr) - RACISMO - ANTICIGANISMO

Itália: ciganos alvo de protestos violentos

A transferência de 70 ciganos para um centro de acolhimento em Torre Maura deu azo a violentos protestos

As autoridades italianas abriram uma investigação ao protesto de 300 militantes neofascistas contra a transferência de 70 membros da comunidade cigana, das quais 33 crianças e 22 mulheres, para um centro de acolhimento em Torre Maura, em Roma. Os militantes de extrema-direita queimaram carros e caixotes do lixo e destruíram comida e água destinada à comunidade cigana.

 

As autoridades locais decidiram transferir os membros da comunidade cigana para outro centro de acolhimento, decisão que foi encarada por muitos italianos como capitulação à extrema-direita. Dois voluntários que levavam alimentos para o centro foram intercetados por populares e militantes neofascistas e obrigados a abdicar da carga que transportavam.

 

O Partido Democrático convocou uma manifestação de apoio à comunidade cigana, e o Fuorza Nuova, de cariz neofascista, organizou uma procissão com tochas para o mesmo local, à mesma hora.