Jornal de Leiria (14 mar) - DIVERSOS

Jornal de Leiria (14 mar) - DIVERSOS

Os ciganos de Alcobaça

Orlando Fernandes publicou um artigo na secção “Sociedade” em que se refere a problemática que, na opinião do Autor, existe em Alcobaça, no convívio entre ciganos e não ciganos. São referidos testemunhos em que, se referem, por um lado, dificuldades na inclusão, e por outro, racismo.

 

Para o cigano Paulo Lima, “vivem neste bairro 24 famílias, cerca de 200 pessoas. As mulheres são domésticas e os homens vivem de trabalho sazonal, na apanha de fruta. Mas encontrar emprego é muito difícil para os ciganos que, quando chegam à entrevista, se deparam muitas vezes com a “vaga preenchida”, relara Paulo Lima.”

 

Isabel Costa, presidente da União das Freguesias de Alcobaça e Vestiaria diz que “urge encontrar soluções entre todos (professores, governantes e demais autoridades), sendo que a figura do mediador pode ser um dos caminhos, defende a presidente. Esta foi também a proposta dos vereadores socialistas à Câmara de Alcobaça: “que o Município adira ao programa para a formação de mediadores ciganos, o ROMED, na terceira edição, desta vez com o apoio financeiro da Secretaria de Estado para a Cidadania e a Igualdade”. Ouvidos pelo nosso jornal sobre essa possibilidade, também vários membros da comunidade cigana se mostraram agradados.”