Nacional

NOVO CONCIG (Conselho Consultivo para a Integração das Comunidades Ciganas)

NOVO CONCIG (Conselho Consultivo para a Integração das Comunidades Ciganas)

O ACM (Alto Comissariado para as Migrações) é a entidade responsável pela Estratégia Nacional para a Integração das Comunidades Ciganas (ENICC) que foi reformulada pela Resolução do Conselho de Ministros (RCM) nº 154/2018. A nova ENICC que sucedeu à primeira versão aprovada pela RCM nº 25/2013   e cujo âmbito temporal era   2013 - 2020, prevê a criação do CONCIG que inclui membros permanentes e não permanentes, tendo a tomada de posse do novo CONCIG tido lugar nas instalações da Presidência do Conselho de Ministros em 24 de maio. Francisco Monteiro foi convidado para ser um dos “dois/duas representantes de instituições que trabalham com pessoas ciganas”, previstos na lista dos membros permanentes.

 

Continuar...

"SINA DA MULHER CIGANA? - UM COMPLEXO PROCESSO DE AUTONOMIZAÇÃO"

"SINA DA MULHER CIGANA? - UM COMPLEXO PROCESSO DE AUTONOMIZAÇÃO"

Em  30  de maio, na UCP -  Braga, a Editorial Cáritas fez a apresentação do livro de Ana Patrícia Pereira Barroso (AB), o qual é a sua tese de Mestrado na Universidade Católica em Braga e constitui um dos dois prémios "Padre David de Oliveira Martins" que a Editorial Cáritas atribui aos autores das melhores teses de mestrado de temática social, no âmbito do projeto "A Aliança do Pensar e do Agir".

 

Continuar...

“MEDIADOR CIGANO É PROMOTOR DE IGUALDADE E DE JUSTIÇA SOCIAL” REFERIU BRUNO OLIVEIRA* AO OBCIG

“MEDIADOR CIGANO É PROMOTOR DE IGUALDADE E DE JUSTIÇA SOCIAL” REFERIU BRUNO OLIVEIRA* AO OBCIG

Boletim do OBCIG de dezembro

Entrevista realizada em novembro de 2018, Lisboa na secção Vozes Ciganas na mediação Intercultural – (Parte I) Entrevistas

Observatório das Comunidades Ciganas (ObCig): Como surgiu a oportunidade de ser mediador/a intercultural?

Bruno Oliveira (BO): A oportunidade de ser mediador intercultural surgiu-me através de um curso que fiz na Pastoral dos Ciganos em Lisboa, teve a duração de dois anos.

 

Continuar...

COLÓQUIO INTERNACIONAL“MIL ANOS DE NOMADIZAÇÃO. PASSADO, PATRIMÓNIO E PROBLEMAS DOS CIGANOS UM MILÉNIO APÓS A SUA DEPORTAÇÃO DA ÍNDIA (1018-2018)”

COLÓQUIO INTERNACIONAL“MIL ANOS DE NOMADIZAÇÃO. PASSADO, PATRIMÓNIO E PROBLEMAS DOS CIGANOS UM MILÉNIO APÓS A SUA DEPORTAÇÃO DA ÍNDIA (1018-2018)”

Em 24 de novembro, a Universidade Católica Portuguesa, através do centro de Estudos de Povos e Culturas de Expressão Portuguesa (CEPCEP) e do Instituto Correia de Lacerda de Estudos Orientais (ICLEO) organizaram um colóquio com a participação da Diretora do CEPCEP, Marília Lopes, e a intervenção do presidente do ICLEO, Luís Filipe Thomaz.

 

Continuar...

PROBLEMÁTICA DA HABITAÇÃO DOS CIGANOS NA TESE DE DOUTORAMENTO DE ALEXANDRA CASTRO

PROBLEMÁTICA DA HABITAÇÃO DOS CIGANOS NA TESE DE DOUTORAMENTO DE ALEXANDRA CASTRO

 

Na sequência da notícia publicada no nº 88 da Caravana, em que foi referida a publicação da tese de doutoramento de Alexandra Castro (AC) no ISCTE - IUL (2013-2016), no livro intitulado "Na Luta pelos bons lugares - Ciganos, visibilidade social e controvérsias espaciais", que teve o seu lançamento no dia 9 de abril p.p. no ACM (Alto Comissariado para as Migrações) em Lisboa, reunimos algumas indicações dadas no conteúdo do livro, sobretudo no que respeita a problemática da habitação das comunidades ciganas em Portugal.

 

Continuar...

Mais artigos...