Fonte: Union Romani

De 9 a 11 de novembro realizou-se em Valencia, Espanha, o III Congresso Internacional de Cultura Cigana (Ciganidade e Futuro) – A partir das duas margens:  da identidade de resistência até à identidade da construção. Portugal foi convidado a participar e esteve representado pelo Presidente da Associação Techari que nessa qualidade é o Presidente da FECALP (Federação Calhim Portuguesa), José Fernandes. Entre as muitas outras personalidades presentes estavam o Vice-presidente da Federação Autonómica de Associações Ciganas (FAGA), dois membros do Governo de Espanha, o Presidente do Governo autonómico de Valencia,  o Presidente do Observatório Cigano da Argentina, o conhecido compositor Paco Suárez* e o músico Santino Spinelli, Presidente da Then Romano de Itália. Participaram no Congresso 12 países e para cima de 300 participantes. Além dos temas escolhidos para o Congresso, o programa focou os seguint es: “ciganidade na perspetiva dos intelectuais, escritores e músicos”, “ciganidade e a mulher cigana no séc. XXI”, “ciganidade, arte cigana e sistema educativo”, “ciganidade, novos desafios, novas propostas”, “Projeto internacional de intelectuais ciganos”.

* que atuou em Portugal em diversas ocasiões, a convite da ONPC. É o autor do hino internacional cigano Gelem Gelem (caminha, caminha em Romani), cantado no início deste Congresso.

O Presidente da Associação Techari e da FECALP (Federação Calhim Portuguesa), José Fernandes com Juan de Dios Ramirez Heredia, Presidente da Union Romani de Espanha, e Diego Fernandez, Diretor do Instituto de Cultura Gitana (da dtª para a esqª).