A ERIAC (Instituto Europeu Cigano para as Artes e a Cultura) promoveu em 14 de outubro um curso online sobre Cultura Cigana intitulado “Passado Cigano – o futuro da Europa. Porque é que aproximar-se da maior minoria étnica da UE é importante”. O programa tem a seguinte introdução: “ Os Ciganos têm sido parte das histórias e das paisagens culturais nacionais e Europeias durante os últimos 700 anos pelo menos. Atualmente, os Ciganos constituem a maior minoria étnica na Europa, com cerca de dez milhões de cidadãos e com uma diáspora global de para cima de 15 milhões de pessoas. No entanto, apesar de uma presença multisecular, os Ciganos continuam a ser de uma maneira geral desconhecidos para as sociedades maioritárias. Enquanto um povo, os Ciganos são sobretudo considerados e tratados como um problema social, vistos através do prisma da marginalização, da exclusão e da pobreza.

Para além disso, os Ciganos são atualmente a minoria mais estigmatizada e discriminada na UE; várias manifestações de anticiganismo – a forma específica de racismo contra o povo Cigano – são um facto lamentável da vida diária dos Ciganos na Europa. Por outro lado, contudo, os Ciganos continuam a ser uma população altamente resiliente e criativa, cujos diversos contributos para as áreas sociais, culturais, económicas, políticas, artísticas e até linguísticas na Europa ainda não foram reconhecidas e estimadas.

O presente curso apresenta uma breve perspetiva da história e da cultura Ciganas como um ponto de partida para se refletir sobre a importância social, política, cultural, económica e ambiental de colocar os Ciganos no centro dos debates públicos na UE sobre os futuros das nossas sociedades.

Moderadores: académicos Ciganos com ampla experiência.

Temas:

– Porque é que a UE precisa dos Ciganos?

– Introdução à história e à identidade Ciganas.

– Cultura Cigana – herança da Europa.

–  Anticiganismo na teoria e na prática – desenvolvimento das várias dimensões do                     racismo contra as comunidades Ciganas.

–  Da resistência Cigana à ação Cigana.

– O que deveria saber sobre as políticas da UE e nacionais sobre os Ciganos.