Comissão Nacional Justiça e Paz

  • Aumentar o tamanho da fonte
  • Tamanho padrão da fonte
  • Diminuir tamanho da fonte
Comissão Nacional Justiça e Paz

Laudato si' É hora de ação!

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF

Laudato si Vaticano
«Que mundo queremos deixar em herança? Era a pergunta que ecoava durante a Conferência internacional "Salvar a nossa casa comum e o futuro da vida na terra", realizada no Vaticano, de 5 a 6 de julho passado, por ocasião do 3º aniversário da Laudato Si.» José Maia, Secretário-Geral da Comissão Nacional Justiça e Paz, participou na Conferência e deixa-nos o seu testemunho. Aqui

 

Manifesto sobre os Pactos Globais das Nações Unidas sobre Refugiados e Migrantes

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF

Manifesto sobre os Pactos Globais das Nações Unidas sobre Refugiados e Migrantes: Acolher, promover, proteger e integrar

Por ocasião do Dia Mundial do Refugiado, que se assinala a 20 de junho, o Fórum de Organizações Católicas para a Imigração (FORCIM) torna público o seu  Manifesto sobre os Pactos Globais das Nações Unidas sobre Refugiados e Migrantes .

Este Manifesto surge como resposta ao apelo do Papa Francisco de se chamar a atenção dos Governos, especificamente dos responsáveis pelas negociações relativas aos Pactos Globais, sobre considerações particularmente pertinentes que fomentem uma solidariedade mais concreta para com os migrantes e refugiados.

Partindo dos quatro verbos de ação – acolher, promover, proteger e integrar – pretende-se chamar a atenção sobre os princípios que devem estar assegurados nos Pactos Globais para que estes estejam orientados, acima de qualquer outro interesse e intuito, para o bem comum e centrados na integridade e dignidade da pessoa, contemplando a visão de uma só família humana, que habita uma Casa Comum.

 

 

REFUGIADOS, MIGRANTES E FRATERNIDADE UNIVERSAL Comunicado das Comissões Justiça e Paz

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF

Aquarius

 

  

 

 

 

 

 

 

 


 

No início da semana de acção conjunta mundial “Partilhar a Viagem”, entre nós promovida pela Conferência Episcopal Portuguesa e pela Cáritas Portuguesa, e em vésperas da celebração do Dia Mundial do Refugiado, a Comissão Nacional Justiça e Paz, a Comissão Justiça, Paz e Ecologia dos Institutos Religiosos e as Comissões Diocesanas Justiça e Paz de Bragança-Miranda, de Coimbra, de Leiria-Fátima, de Portalegre e Castelo Branco, de Santarém, de Vila Real e de Setúbal, reunidas em Fátima, bem como a Comissão Diocesana de Aveiro, emitem o seguinte comunicado:

Continuar...
 

QUESTÕES ECONÓMICAS E FINANCEIRAS Novo documento do Vaticano critica «offshores» e evasão fiscal

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF

offshores




 





Oeconomicae et pecuniariae quaestiones

Pelo seu interesse, publicamos aqui alguns extratos do documento da Congregação para a Doutrina da Fé e do Dicastério para o Serviço do Desenvolvimento Integral Oeconomicae et pecuniariae quaestiones – Considerações para um discernimento ético sobre alguns aspectos do atual sistema económico e financeiro, publicado a 17 de maio de 2108.
O texto integral pode ser consultado em: http://www.vatican.va/roman_curia/congregations/cfaith/documents/rc_con_cfaith_doc_20180106_oeconomicae-et-pecuniariae_po.html&

Continuar...
 

PARA MUDAR O FINAL Nota da Comissão Nacional Justiça e Paz sobre a relevância da “honestidade”

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF

Entrevista de Pedro Vaz Patto à Rádio Vaticano a propósito da Nota da Comissão Nacional Justiça e Paz sobre a relevância da “honestidade”

 

 

 

 

Nota da Comissão Nacional Justiça e Paz sobre a relevância da “honestidade”

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF

Honestidade

PARA MUDAR O FINAL Nota da Comissão Nacional Justiça e Paz sobre a relevância da "honestidade"